Vitória cheia de erros, mas que não se repita!

Por Costábile Salzano Jr

Após quatro dias, finalmente começou a Copa do Mundo para a seleção brasileira. Os comandados do técnico Dunga, apesar do placar apático contra a inexpressiva Coréia do Norte, tiveram boas oportunidades de gol. No entanto, na hora de finalizar, pecavam diante de um fraco goleiro adversário totalmente atordoado com o poder bélico que Robinho, Kaká, Luis Fabiano e Michel Bastos poderiam produzir a qualquer momento no estádio Ellis Park, em Johanesburgo.

Para quem apostava em uma expressiva goleada, o resultado foi um desastre. O Brasil dominou totalmente o jogo contra um monte de pinos de olhos puxados vestidos de vermelho. O primeiro gol saiu em um dos muitos lances de linha de fundo que o lateral-direito Maicon. Porém, o único que soube aproveitar. Na verdade, ele reeditou mais uma versão dos gols anotados quando veste a camisa da Internazionale de Milão. Parace que Maicon está se tornando especialista em surpreender os goleiros nesse tipo de jogada.

Assim que a rede balançou, com certeza, a nação brasileira e os próprios jogadores lembraram do ditado “aonde passa um boi, passa uma boiada” e não demoraria muito para o placar ganhasse proporções gigantescas, mas não foi muito bem isso o que aconteceu. O salto alto se mantinha de pé. Robinho e seus malabarismos enchiam os olhos do público e dos telespectadores, porém, as chances eram desperdiçadas uma atrás da outra.

Kaká e Luis Fabiano, duas esperanças de gols, praticamente não criaram uma jogada perigosa. Ficaram perdidos entre um bando de cabeças de bagres, que deveriam estar mais preocupados em agradar ao ditador que governa o seu país do que na bola que chegava a todo instante perto da sua área.

O gol de Elano, um tanto parecido com aquele gol marcado por Bebeto contra os EUA na Copa de 94, deu um pouco de tranquilidade à seleção. A entrada de Nilmar no lugar do fantasmagórico Kaká surtiu efeito e o ataque funcionou melhor. No entanto, a saida do volante Felipe Mello deixou o meio-de-campo enfraquecido. Com a cabeça de área desprotegida, Yun-Nam aproveitou a oportunidade e passou fácil por Lúcio para anotar o gol de honra dos asiáticos. Um verdadeiro balde de água fria aos 43 minutos do segundo tempo para os torcedores brasileiros. Por sorte, os norte-coreanos não foram corajosos o suficiente para encaram o Brasil na busca do empate.

O importante foi que a seleção conseguiu sair com um resultado positivo e Dunga já deve ter percebido a equipe não foi tão bem como todos esperavam. Kaká está totalmente fora de jogo, a ausencia de Felipe Mello enfraquece o meio-de-campo, Luis Fabiano precisa se movimentar mais ou ter alguém capaz de municiá-lo com mais rapidez e precisão ou será o mesmo martirio durante os próximos 90 minutos.

Logo nesta primeira rodada percebemos que mesmo as seleções mais fracas estão engrossando o caldo e não estão nem um pouco dispostos a vender a derrota tão facilmente como acontecia nas outras Copas. A Itália, mesmo sendo superior ao Paraguai, custou para arrancar um empate, a França não consegiu marcar contra o Uruguai,  o México mesmo com um jogo bonito também não consegiu passar pela anfitiã Africa do Sul e o Japão surpreendeu Camarões. Até mesmo Portugal, com Cristiano Ronaldo e Deco não conseguiram superar a Costa do Marfim. Nesta Copa, parece que mesmo entrando em campo, a tradição da camisa não servirá de muita coisa. É preciso ter raça e muita determinação. O respeito pelas grandes seleções não existe mais!

Até o momento, somente Alemanha, Argentina e Holanda mostraram que estão dispostas a levar o caneco para casa.

~ por alinebassanesi em junho 16, 2010.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: