A mulher do século 21

Por Douglas Short

A mulher do século 21 está mais determinada, quebraram-se os paradigmas que existiam em relação a ela. A mulher não é mais sinônimo de sexo frágil, hoje são elas que tomam suas próprias decisões, a mulher passou a ocupar espaços que eram predominantemente do homem, mas isso, não só falando da vida profissional. Por exemplo, uma executiva, não estou falando necessariamente disso, hoje é comum ver mulher em boteco, estádio de futebol, ambientes que há um tempo eram predominantemente masculinos.

E essas escolhas não parte somente quando a mulher se torna adulta, isso ocorre desde a adolescência e juventude em diante. Bobos são aqueles que pensam que a mulher não é capaz, que elas são limitadas. A mulher do século 21 é exemplo de alto-estima, virilidade, preceitos esses, fundamentais para conquista e o triunfo.

Mas, para grandes atos exigem grandes responsabilidades, e a mulher se tornou refém de características masculinas. Elas decidem com quem ficar e quando ficar, mas também, estão sujeitas a serem rejeitadas, e isso, não é muito peculiar ao gênio feminino, pois a rejeição fere o ego, e é uma das feridas mais difíceis de cicatrizarem.

A mulher conquistou a tão sonhada “liberdade masculina”, sair com quem quiser transar com quem quiser. Mas, elas estão satisfeitas com isso? Elas estão sabendo aproveitar isso? Tem um velho ditado que diz: criança que nunca comeu doce, quando come se lambuza. Esse é um ato que pode ser aplicado à mulher do século 21, pois a mulher rompeu barreiras, quebrou paradigmas, e o tão sonhado sucesso e a liberdade conseguiu, mas será que elas pensavam que seriam dessa forma? Na atualidade vivemos no êxtase das mulheres frutas, mulheres se tornaram celebridades em um piscar de olhos, como por exemplo, a Geizy Arruda. Seriam essas, as expectativas que as mais otimistas feministas previam com a revolução feminina? Ou a mulher do século 21 se tornou uma forma mascarada e maquiada das suas charas de séculos anteriores.

Com tanta luta e esforço por um espaço e reconhecimento que é de legitimidade da mulher, é difícil de acreditar que essa “batalha” tenha sido em vão. Pois, como possamos ver hoje em dia na mídia as mulheres são lindas e maravilhosas, belos corpos, barrigas definidas e pernas torneadas. Tudo aquilo que boa parte da população deseja, mas essas mulheres por dentro são “vazias”, não é nada além, de boa aparência. É o perfil de mulher que passa por um processo – uma forma, elas são basicamente a mesma coisa. Bundão, peitão, pernão … e nada na cabeça.

Esse é o retrato de uma sociedade ignorante e estagnada, a boa aparência e a juventude passa – é passageiro, é o processo de vida de todo ser humano, mas o conhecimento não, ele fica, é duradouro e vitalício. Nós somos quem podemos ser, e o que nos diferencia dos outros é a nossa capacidade de produção. As pessoas que geraram conhecimento elas estão eternizadas na história, isto, graças aos seus mecanismos e capacidades de produzir, produzir e gerar conhecimento.

Dessa forma as mulheres “normais” da sociedade não desistam de seus objetivos – busquem, batalhem e conquistem. Existem outras formas de beleza, existem diferentes maneiras de serem bonitas. Essas mulheres “padronizadas” com o passar do tempo enjoam, porque conforme os dias vãos você percebe que elas são limitadas e nada além, de um corpo vazio. No fundo são mulheres sozinhas com um espaço que não foi preenchido. Então mude a rota não seja só mais uma, busque o diferencial. Tem uns loucos que usam drogas e exercitam só o corpo, mas tem uns mais loucos ainda que exercitem a mente.

About these ads

~ por alinebassanesi em junho 21, 2010.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: